5 de novembro de 2013

Chasque dos Qüeras para Don Cássio Selaimen






Irmãos !
Definitivamente, a alegria é algo que devemos dividir.
Divido com todos minha alegria ao ver meu nome dentre vários outros, gaúchos sortudos, que, como eu, são donos de uma SELAIMEN !
Não menor minha alegria de possuir uma Faca verdadeiramente Gaúcha, mas de ver meu nome no rol de amigos daquele ser extraordinário que consegue retirar da marreta e da forja arte !
Meu amigo Don Cássio Selaimen é hoje a maior expressão no que diz com a arte da faca gaúcha.
Intelectual, conhece de maneira profunda e sensível os mistérios do metal e da sua utilização para a formação de facas, jóias, materiais que denominamos arte.
O produto de seu talento se reflete nas obras que gentilmente oferta aos amigos, evidentemente que ao custo de uma moeda (superstição).
Não bastasse o talento, o conhecimento, a dedicação deste Gaúcho, o ser – humano Don Cássio é a maior prova de que o verdadeiro mestre traz consigo a simplicidade e humildade de seu ser.
Sempre querendo aprender, tem como marca uma forma respeitosa e querida de ser.
Don Cássio teria tudo para esbanjar soberba, dada a notoriedade e talento que seu trabalho lhe alcançou.
Entretanto, o que marca é que esse ser extraordinário é um cara simples, gaúcho, engraçado e, sobretudo, amigo.
Um Pai exemplar, com uma família linda.
Amigo de todos e para toda hora. Gaúcho por demais. Enfim, um ser verdadeiramente abençoado.
Com essas humildes palavras registro meu orgulho e meus parabéns pelo CD !
Essa obra só aumenta o brilho desta estrela gaúcha chamada Cássio, que reflete as pratiadas que tropeiam pelo riogrande com a marca Selaimen !
Agradeço muito aos Qüeras - Flori Wheger e Augusto Bachera que deixaram registrado o seu talento artístico na obra "Um Chasque dos Qüeras para Don Cássio Selaimen".
Forte abraço e tamo junto !
Homero Negrão
 
Baixem o CD no link que abaixo segue:
 

21 de outubro de 2013

Gravação do Chasque à Don Cássio.

Parceria dos Queras: Flori Wegher, Homero Negrão, Augusto Baschera e o amigo Zé Ricardo Barboza.

O talento da viola do Tio Augusto deu vida a voz pálida do Negrão que com força e entusiasmo tentou chegar próximo da poesia ímpar do Dr. Flori.

Obrigado aos Confrades e ao amigo Zé - irmão do meu amigo Hique, que com muita calma e paciência soube arrumar o inconsertável ....hehehe..

Forte abraço e tamo junto ...




Chasque dos Queras para Don Cassio!


2 de maio de 2013

Caros Confrades,

Faltam menos de 30 dias para o maior evento do Mundo Inteiro, Mundial ...


E só se fala noutra cousa ....

 

ahahahahaahaa

Parecem eu .... nem aí pro evento ! kkkkkkkk


26 de novembro de 2012

Don Lélo - hoje fiquei sabendo que vai ter bóia boa lá no céu...

Hoje fiquei sabendo que vai ter bóia boa lá no céu ...




Deus, que tudo sabe e de bobo nada tem,

Pediu churrasco gordo,

Bóia na trenta

E picanha de bom recavem.



Hoje fiquei sabendo que vai ter bóia boa lá no céu...



A dor da partida é a alegria da chegada.

Eu imagino a festa da indiada lá de cima,

Em saber que a noite melhor se ilumina

Com a nova estrela enveredada.



Hoje fiquei sabendo que vai ter bóia boa lá no céu...



Tirei meu chapéu, enxuguei o rosto.

De alma lavada, por nenhum desgosto,

Essa manhã de novembro

Pareceu uma manhã de agosto.



Don Lélo,

ou, carinhosamente chamado, Tchatcha partiu pra outra camperiada.

Quis o Grande Arquiteto boia boa lá no céu.

Chamou o melhor de todos na arte da cozinha campeira.

Churrasco, carreteiro, galinhada, vaca atolada e tanta bóia de primeira.

Agora, cada vez que o cheiro de uma panela se misturar com a fumaça dos palheiros,

Lembraremos do nosso grande companheiro,

Que lá do fogão gritava:

- Tá pronto indiada ! Já dá pra comer.

E um lacaio retrucava:

- E pode comer sem dar ? E a risada ocupava.

A cada meio dia, a cada meia noite, a cada novo Queras,

Vira o cheiro de bóia misturado com saudade ...

E um sorriso de canto de boca, com os Zóio umedecidos,

Trarão a certeza à cada amigo de um mesmo pensamento:

- Hoje tem bóia boa lá no céu !



Os Queras,

Desejam ao nosso grande e eterno cozinheiro uma boa chegada nos campos lá do céu.

Avise os daí pra seguir nos iluminando.

Que nós seguiremos cantando,

Forte e com alegria

a sina que Deus nos deu.

De Viver assim: com gaita, trago e parceria !



Lelo,

Olhe por nós e avise os daí pra separar as noites mais lindas pros encontros dos Queras.




Os Qüeras no Galpão Crioulo